Docentes do Projeto Esfinge participam do Encontrão da Educação Social

Entre os dias 11 e 13 deste mês, o Programa Multidisciplinar de Estudo, Pesquisa e Defesa da Criança e Adolescente (PCA) da UEM, em parceria com a Associação de Educadores Sociais de Maringá, realizou o Encontrão da Educação Social. O evento contemplou atividades do III Congresso Internacional de Pesquisadores e Profissionais da Educação Social, do III Encontro de Educação Social e Pedagogia Social do Paraná (Eduso), da II Encontro Internacional de Pedagogia Social/Educação Social, além da XV Semana da Criança Cidadã.

Os professores do Projeto Esfinge – Amir Limana, Bruno Strik, Jackeline Guinoza, Ricardo Töws e Rosa Amélia – participaram do evento, apresentando seus trabalhos e acompanhando estudantes bolsistas do IFPR – Bianca Frezarin, Emanuelle Rodrigues e Wudson Gonçalves.

 

ARTiculando – Uma pesquisa sobre a cultura local (Bianca Frezarin, Rosa Amélia)

O projeto ARTiculando busca ressignificar a importância da cultura da comunidade, possibilitando a afirmação de sua identidade.

 

CompartilhArte – Saberes e Experiências por meio da Arte (Emanuelle Rodrigues, Rosa Amélia)

O projeto CompartilhArte busca a partilha de conhecimentos, a troca de experiências, o aprender ensinando e o ensinar aprendendo, reforçando a liberdade de criar e compartilhando saberes, As iniciativas do projeto viabilizam o fomento à arte e a cultura, além de abrir outras possibilidades de ações promotoras do fazer artístico, contextualizando e diretamente relacionado à realidade local.

 

Projeto SINTROS: Relato de uma Experiência Construtora de Sentidos (Amir Limana, Bruno Strik, Jackeline Guinoza, Ricardo Töws e Rosa Amélia)

O projeto Sintros – Engenharia da Irrigação, foi gestado a partir de vivências e inquietações dos estudantes do Curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio do IFPR Astorga, o projeto visa a criação de um sistema de irrigação automatizado e sustentável, alimentado por energia alternativa para suprir a necessidade de irrigação na produção de hortaliças. O objetivo deste trabalho é relatar a experiência docente em um projeto curricular, que extrapola os limites da sala de aula, os limites rígidos traçados pelas disciplinas convencionais, para que o mesmo possa exercer o seu papel de educador, que reconhece a importância da formação humana e cidadã, nos mostrando que podemos aprender e ensinar em qualquer espaço, inclusive a partir das nossas próprias experiências no contexto em que vivemos, trazendo mais sentido e significado ao que aprendemos.

 

CorArte – Levando Conhecimento Através da Música (Wudson Gonçalves, Rosa Amélia)

O projeto CorArte visa introduzir, aprofundar e exercitar técnicas relacionadas à voz, ao canto e, mais especificamente, ao canto coral, tendo como referência um repertório de canções de universos musicais variados sem se distanciar da cultura local, permitindo que os participantes conheçam mais e melhor o universo musical, principalmente a música popular brasileira. A proposta é estimular a prática do canto coral como um movimento cultural e contribuir para a valorização e a difusão da música brasileira de qualidade.