Projeto Worcester inova ao equipar foguetes com sensores

Orientado pelo membro do Projeto Esfinge, Prof. Bruno Strik e construído pelos estudantes Rafael Herrero de Lima e Evelin Barbosa Paes, o projeto batizado de Worcester – cidade onde nasceu Robert Goddard, pai dos foguetes modernos – demarca uma nova era no desenvolvimento de foguetes-protótipo. A proposta deste projeto inovador apresentado no SEPIN 2017 do IFPR Astorga é a inserção de sensores inerciais em protótipos de foguete, adicionando a eles a capacidade de registro de sua performance, aceleração, rotação, inclinação e demais dados de sua movimentação física no ambiente tridimensional. O protótipo consiste em um equipamento eletrônico composto por uma placa Arduino, Ethernet Shield, Cartão SD e Sensor Acelerômetro/Giroscópio, que é então colocado dentro do foguete lançado e coleta os dados de sua movimentação física desde o lançamento até sua queda. Após o lançamento os dados podem ser visualizados em modo gráfico ou tabela em qualquer software de planilhas. Os dados também podem ser visualizados em tempo real, através do software MPU Teapot. Munido desta série de informações, o desenvolvedor do foguete pode então identificar comportamentos fora do esperado, como por exemplo, uma aleta mal ajustada, realizar correções e validá-las através de novos testes, cumprindo assim seu objetivo. Esta série de informações são importantes para o aprimoramento do protótipo de foguete e podem ser decisivas no desenvolvimento de um modelo de competição. Difundidas por todo país pela Jornada de Foguetes da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, e no IFPR pela Mostra de Lançamento de Foguetes, o lançamento de foguetes de ar comprimido e garrafa PET oportuniza o aprendizado de saberes e desperta o interesse em física e engenharias, acrescentando a informática como ferramenta impulsionadora do desenvolvimento dos protótipos com um produto inovador, que supera o ineficiente método atual de coleta visual de dados e coloca na tela do computador importantes informações que podem ser utilizadas pelo desenvolvedor para alcançar um novo nível de performance em seu foguete.